Taxa de mortalidade por coronavírus no Brasil é apenas a quarta na América do Sul

Brasil é o quarto no ranking da covid-19 na América do Sul.
-Publicidade-
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Apesar de ser maior País da região, com maior população, relação entre infectados e óbitos é de 6,69%, bem abaixo dos 10,44% da Guiana

Foto: Reprodução
-Publicidade-

Utilizando como referência o mapa da covid-19 atualizado pela Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, Oeste levantou que pior situação quando se leva em consideração a relação entre número de infectados e número de mortos fica com a Guiana, pequeno país ao norte do Brasil que teve 67 infectados, mas já contabiliza sete mortos.

No Suriname, o número dos que contraíram a doença também não cresceu muito ainda, dez pessoas, mas uma morreu, o que deixa o país com uma taxa de mortalidade de 10%.

Em terceiro lugar, aparece mais um dos vizinhos ao norte do Brasil, Trindade e Tobago, que tem 115 infectados e teve oito mortes, 6,95% de taxa.

O Brasil entra na quarta posição com 49.492 pessoas doentes e 3.313 mortes, 6,69% de taxa de mortalidade, bem próxima da média mundial, de 7,04%.

Cabe dizer também que em países como a Venezuela, em que a ditadura do presidente Nicolás Maduro não permite que informações sejam registradas corretamente e com liberdade, os números podem ser muito maiores do que os 298 casos registrados e dez mortes. Principalmente quando se leva em consideração o caos no sistema de saúde do país, tantas vezes já noticiado por veículos do mundo inteiro.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site