-Publicidade-

Megavazamento de dados: PF prende hacker suspeito

Homem foi detido em Uberlândia (MG); agentes cumprem cinco mandados judiciais no Estado
Agentes de segurança estão cumprindo ordens da Justiça no Estado | Foto: Divulgação/PF
Agentes de segurança estão cumprindo ordens da Justiça no Estado | Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta sexta-feira, 19, o hacker suspeito de ser o autor do megavazamento de dados de 223 milhões de brasileiros. Conhecido como Vandathegod, o homem foi detido em Uberlândia (MG). Agentes cumprem, agora, cinco mandados de busca e apreensão no Estado no âmbito da Operação Deepwater (Águas Profundas) — a PF já obteve equipamentos eletrônicos para perícia. Os investigadores identificaram o suposto criminoso no fórum da deep web (camada da internet onde ocorrem crimes de difícil rastreio) em que as informações estavam sendo comercializadas. As ordens judiciais foram expedidas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes a pedido da PF.

Leia também: “O desastre dos megavazamentos de dados”, reportagem publicada na Edição 48 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.