O Brasil e a CPI dos investigados que investigam

Na Revista Oeste, J. R. Guzzo trata da CPI criada para investigar as ações do governo na pandemia de covid-19 que é comandada por um político investigado
-Publicidade-
A CPI da Covid, comandada por investigados, é um retrato perfeito do Brasil
A CPI da Covid, comandada por investigados, é um retrato perfeito do Brasil | Foto: Edição de Arte/Oeste

Em sua coluna publicada na Edição 63 da Revista Oeste, J. R. Guzzo trata de mais uma “jabuticaba” brasileira: a CPI criada para investigar as ações do governo na pandemia de covid-19 que é comandada por um político investigado pela Polícia Federal por corrupção. É inacreditável, para dizer o mínimo.

“O Brasil é o único país no mundo onde há uma CPI ‘para investigar a covid’ na qual o presidente, um Omar Aziz, tem a seguinte anotação em sua folha corrida: foi investigado pela Polícia Federal por corrupção XXXXL-plus na área de saúde. (Não é piada; é o presidente mesmo.)”, afirma Guzzo.

-Publicidade-

Leia outro trecho:

“Mais: sua mulher foi para a cadeia acusada de meter a mão em dinheiro público, também em questões de saúde. (Também não é piada; é a mulher dele mesmo, e foi mesmo para a cadeia.) Mais: além da mulher, nada menos do que três irmãos do homem foram presos nesse mesmo rapa e, mais uma vez, não é piada. Mais: dos 81 senadores que representam as 27 unidades da Federação, o escolhido para presidir as investigações vem, justamente, do Amazonas, o lugar onde mais se roubou no Brasil, e possivelmente no mundo, por conta das despesas públicas com a covid.

A PF, por sinal, acaba de realizar busca e apreensão na casa e nos escritórios do atual governador do Estado, Wilson Lima, em mais uma operação para combater a ladroagem na compra de respiradores; um dos investigados, um dono de hospital a quem ele deu um contrato, recebeu a polícia à bala.”

Revista Oeste

Além do artigo de J. R. Guzzo, a Edição 63 da Revista Oeste traz reportagens especiais e textos de Augusto Nunes, Rodrigo Constantino, Guilherme Fiuza, Ana Paula Henkel, Silvio Navarro, Dagomir Marquezi, Evaristo de Miranda, Theodore Dalrymple, entre outros.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site