OAB aprova cota racial e ‘paridade de gênero’ em eleições da entidade

Medidas entram em vigor no processo eleitoral de 2021
-Publicidade-

As medidas entram em vigor no processo eleitoral que será realizado em 2021

OAB aderiu a programa de cotas dentro da entidade | Foto: Reprodução

O conselho pleno da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovou, em sessão realizada nesta segunda-feira, 14, a ‘paridade de gênero’ e a política de cotas raciais para negros nas eleições da entidade. As medidas entram em vigor no processo eleitoral que será realizado em 2021.

-Publicidade-

Leia também: “Escola impõe ideologia de gênero: ‘querides alunes’”

Pela decisão aprovada, para obter o registro nas eleições, as chapas deverão atender ao porcentual de 50% para candidaturas de cada gênero, tanto para titulares como para suplentes. No caso da cota racial, será exigido o porcentual mínimo de 30% nas eleições para os cargos na diretoria e de conselheiros, tanto no Conselho Federal, como nas seccionais e nas subseções.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários

    1. Chegando?!!!! Esses caras sempre foram os maiores promotores do esquerdismo/progressismo!!! Eles nunca estiveram atrasados, eles sempre foram atrasados (ou melhor, sempre estiveram na vanguarda deste atraso). Enfim, quando não existir mais OAB (e demais entidades de classe, de preferência), é porque estaremos vivendo em um país evoluído.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro