OAB de São Paulo realiza eleição para presidência

Em meio à disputa, os funcionários do órgão entraram em greve
-Publicidade-
Cinco candidatos disputam presidência da OAB de São Paulo
Cinco candidatos disputam presidência da OAB de São Paulo

A OAB de São Paulo, seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, define sua presidência por meio de uma eleição nesta quinta-feira, 25.

O atual presidente da OAB de São Paulo, Caio Augusto Silva dos Santos, tenta se reeleger. Contudo, quatro candidatos buscam a presidência da Ordem. São eles: Alfredo Scaff, Dora Cavalcanti, Mário de Oliveira Filho e Patrícia Vanzolini.

A seccional de São Paulo da Ordem é a maior do país. A corrida é realizada em uma atmosfera beligerante. Todavia, os participantes procuram se desvincular da política partidária que possa rachar sua base de votos. Uma das bandeiras defendidas é maior transparência nas contas do órgão.

-Publicidade-

Pela primeira vez, as chapas na disputa precisam observar regras de paridade entre os sexos. Do mesmo modo, outra novidade é a reserva de 30% das candidaturas para advogados negros e pardos. Uma mulher nunca presidiu a instituição.

Tanto Dora quanto Patrícia são grandes defensoras da política de cotas na eleição. Elas são as únicas postulantes femininas na disputa. Ainda assim, Dora lidera única chapa integralmente composta de mulheres.

No entanto, em meio ao pleito, os funcionários da OAB de São Paulo decidiram entrar em greve. Eles estão sem reajuste salarial há mais de dois anos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.