PGR não vê crime de Bolsonaro em investigação sobre cheques de Queiroz para Michelle

Augusto Aras argumentou que o Ministério Público do Rio já apresentou denúncia contra o senador Flávio Bolsonaro, mas não contra o presidente
-Publicidade-
Augusto Aras, procurador-geral da República, recomendou arquivamento do pedido de investigação de Jair Bolsonaro
Augusto Aras, procurador-geral da República, recomendou arquivamento do pedido de investigação de Jair Bolsonaro | Foto: Rosinei Coutinho/STF

O procurador-geral da República, Augusto Aras, recomendou o arquivamento de uma investigação que envolve o presidente Jair Bolsonaro no episódio dos cheques depositados pelo ex-assessor Fabrício Queiroz para a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

No pedido apresentado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por um advogado com base em reportagens publicadas pela grande imprensa, o presidente Jair Bolsonaro era acusado do crime de peculato.

Leia mais: “Aras não vê crime em conversa entre Bolsonaro e Kajuru e pede arquivamento”

-Publicidade-

Segundo o entendimento da Procuradoria-Geral da República (PGR), não há indícios de que Bolsonaro tenha cometido qualquer ato ilícito relacionado ao episódio. Aras argumentou que o Ministério Público do Rio (MP-RJ) já apresentou denúncia contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), mas não contra o presidente.

A manifestação da PGR foi encaminhada ao ministro do STF Marco Aurélio Mello, relator do caso na Corte. O magistrado decidirá se acolhe o entendimento de Aras ou abre investigação.

Leia também: “Bolsonaro não será investigado por uso da Lei de Segurança Nacional”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Caraca, prendam a Michelle, e verão que o Capitão não tem só “sangue nos olhos”!!!
    Acabaram as maluquices, as marielles, só não deixaremos acabar os BISPOS.
    Em breve se descobre que mandou matar o Capita!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.