Piloto de helicóptero da TV Record é baleado durante tiroteio no Rio

Darlan Santana, de 31 anos, foi ferido na perna direita e, mesmo assim, conseguiu realizar pouso de emergência
-Publicidade-
Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto foi atendido no local e encaminhado ao Hospital Salgado Filho
Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto foi atendido no local e encaminhado ao Hospital Salgado Filho | Foto: Reprodução

O piloto de um helicóptero da TV Record que sobrevoava o Morro da Mangueira, zona norte do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, 28, foi baleado durante um tiroteio na região. Darlan Santana, de 31 anos, foi ferido na perna direita e, mesmo assim, conseguiu realizar um pouso de emergência da aeronave nas proximidades do Estádio Nilton Santos, o Engenhão.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o piloto foi atendido no local e encaminhado ao Hospital Salgado Filho. No início da tarde, a Secretaria Municipal de Saúde informou que seu estado de saúde era considerado estável.

-Publicidade-

Leia mais: “Polícia prende Sandra Sapatão, chefe de facção criminosa do Jacarezinho”

Pela manhã, um intenso tiroteio ocorreu na região da Mangueira, depois de agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) terem sido atacados por criminosos durante um patrulhamento.

Até este momento, a TV Record não se manifestou sobre o episódio. Em nota conjunta, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) classificaram o caso como “de extrema gravidade” e afirmaram que é “inaceitável que a imprensa seja submetida a este nível de violência”.

Leia também: “Relatório evidencia ligação de 27 mortos no Jacarezinho com o crime”

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comments

  1. Nada contra a imprensa, não penso que ninguém tenha que ser alvo disso, más não é hora dessa mesma mídia se manifestar sobre a decisão do ministro facin, de proibir ações das forças policiais nós morros, só uma pergunta…
    ,

  2. O povo pergunta ao sr Fachin se ele pode chamar os narcoterroristas tão bonzinhos, para uma reunião com ele no STF e pedir-lhes mais compostura. Esses meninos vítimas da sociedade, estão muito violentos, sr. Fachin.

  3. Gostaria de ter visto essas mesmas associações (Abert, Aner e ANJ) se manisfestarem quanto a tortura do jornalista Eustáquio, ou quando invadiram o estudo do jornalista Alan dos Santos sem motivo, ou em relação à essa mídia podre que mente descaradamente e ataca o governo diariamente. Bando de militantes.

  4. Concordo com o comentário do Flávio. Também não vi e não soube de nenhum ato de repúdio, pelas Abert, Aner e ANJ ao STF pelos atos nefastos contra os jornalistas Alan dos Santos e Oswaldo Eustáquio, este último de forma criminosa que afetou a sua capacidade física pelo resto da vida. Só falta agora o sinistro Fachin mandar prender o piloto Darlan Santana e punir a Rede Record de TV. Esses bandidos das favelas do RJ têm que ser tratados com Tolerância Zero.

  5. Imagina se tal incidente tivesse ocorrido em uma ação da polícia. Como é decorrente de uma bala do tráfico, somente uma notinha das mesmas associações que defendem os traficantes.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site