Polícia mata chefe da maior milícia do Rio de Janeiro

Wellington da Silva Braga, mais conhecido como Ecko, era o criminoso mais procurado do Estado
-Publicidade-
Ecko está morto
Ecko está morto | Foto: Reprodução/Polícia Civil

Wellington da Silva Braga, mais conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do Estado e o criminoso mais procurado do Rio de Janeiro, foi morto neste sábado, 12, em ação da Polícia Civil.

O criminoso foi encontrado numa casa na comunidade das Três Pontes, em Paciência, na zona oeste. Ele foi baleado na região do pericórdio (no tórax) e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Ecko chegou morto ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon.

Em razão da data da ação policial, a operação foi denominada “Dia dos Namorados”. Ao longo de seis meses de investigação, a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPim) concluiu, com base em informações da inteligência, que este sábado seria o dia ideal para capturar o bandido.

-Publicidade-

Leia também: “Irmão da traficante Sandra Sapatão é assessor de deputada do Psol”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Deveriam corrigir o título, a polícia não MATA, a polícia neutraliza, com ações fundamentadas e proporcionais. Tá parecendo título de matéria do G1, UOL, folha, etc.
    Parabéns a POLÍCIA do RJ, p esse bosta não terá audiência de custódia 👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾

      1. Ué, ele pode morrer que a chateação passa!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site