Por que o número de mamografias ainda é baixo no Brasil?

‘Falta de acesso é um dos principais motivos’, diz a médica

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-

A obstetra, mastologista e ginecologista Yedda Reis foi a convidada do programa As Liberais da semana passada para falar sobre a conscientização do outubro rosa, mês de prevenção e combate ao câncer de mama.

Hoje são realizadas cerca de 5 milhões de mamografia por ano no Brasil. Segundo a médica, esse número ainda é relativamente baixo: “Ele representa ao redor de 60% a 70% da nossa meta para a realização de mamografias”.

-Publicidade-

A médica ainda explica os motivos da baixa adesão feminina na realização do exame. ” O primeiro motivo, que é isso que estamos tentando fazer aqui hoje, é educar as pessoas e mostrar a importância para que elas busquem um serviço de saúde, para a realização do exame. Então a gente tem um desconhecimento por uma parte da população.

O programa As Liberais é apresentado pelas jornalistas Branca Nunes e Paula Leal e vai ao ar todas as terças-feiras, às 20h30, no canal da Revista Oeste no YouTube. Inscreva-se no canal. E lembre-se de ativar o sininho para receber as notificações com a programação completa de Oeste.

Assine a Revista Oeste.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.