SP não vai usar todo o estoque da CoronaVac para aplicação da 1ª dose

Segunda etapa da vacinação está prevista para 14 de fevereiro
-Publicidade-
Governo de SP vai reservar metade do lote para a segunda fase da vacinação
Governo de SP vai reservar metade do lote para a segunda fase da vacinação | Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo
coronavac
Governo de SP vai reservar metade do lote para a segunda fase da vacinação | Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo

O governo de São Paulo desistiu de usar todo o estoque disponível da CoronaVac na aplicação da primeira dose da vacina. Com a decisão, anunciada em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 29, metade do lote será reservada para a injeção da segunda dose.

Segundo o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, o Ministério da Saúde não garantiu a reposição de vacinas caso o Estado usasse todo o estoque da CoronaVac. Portanto, o governo vai reservar a segunda dose do lote para a próxima etapa da campanha de vacinação, que vai começar em 14 de fevereiro. Além disso, o governo também informou que vai aplicar a segunda dose dentro dos 28 dias, conforme estabelecido anteriormente.

-Publicidade-

Leia também: “Os dilemas da vacina”, reportagem publicada na Edição 42 da Revista Oeste 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.