Sputnik V produzida no Brasil é apresentada

Doses serão exportadas para países da América Latina
-Publicidade-
Lote da Sputnik V produzido no Brasil | Foto: Reprodução
Lote da Sputnik V produzido no Brasil | Foto: Reprodução

A página oficial da vacina russa Sputnik V publicou nesta quinta-feira, 20, imagens do primeiro lote do imunizante que foi fabricado no Brasil pela farmacêutica União Química. No país, a vacina não tem o aval da Anvisa.

Segundo a publicação, após controles de qualidade no centro Gamaleya, desenvolvedor da vacina, as doses serão exportadas para países da América Latina. Nos primeiros lotes, o IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) veio da Rússia, mas a intenção é fabricar o ingrediente em território nacional.

Leia mais: “Médicos foram denunciados por tomar 3 doses de vacinas contra a covid-19”

-Publicidade-

Em 11 de maio, o diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, justificou que a última negativa do pedido de autorização para a importação do imunizante russo se deveu, entre outros pontos, ao fato de não ter recebido um relatório técnico capaz de comprovar que a vacina atende a padrões de qualidade e demonstrar que o adenovírus usado para carregar o material genético do coronavírus não é capaz de se reproduzir, causando doenças.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

  1. Pode até ser produzida aqui, mas que fosse em território próximo à fronteira de um país sul-americano que entrasse em acordo comercial e que se comprometesse a redistribuir aos países que vão usar em suas cobaias. É a Rússia fazendo o mesmo jogo da China, aos poucos vão empurrando o que não queremos para dentro do território nacional. Temos de acabar com o STF, e assim poderemos defender melhor nossos ideais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro