Tolentino não vai à CPI, que decide ouvir motoboy nesta quarta

Ivanildo Gonçalves da Silva foi novamente chamado às pressas para depor à comissão
-Publicidade-
Cúpula da CPI vem tendo problemas para agendar depoimentos à comissão
Cúpula da CPI vem tendo problemas para agendar depoimentos à comissão | Foto: Pedro França/Agência Senado

A CPI da Covid precisou alterar, novamente, sua programação nesta quarta-feira, 1º. O advogado Marcos Tolentino, suspeito de ser sócio oculto do FIB Bank, comunicou à comissão que está internado para tratamento médico. Portanto, não poderá comparecer — ele seria ouvido hoje. Em seu lugar, irá depor o motoboy Ivanildo Gonçalves da Silva.

O motoboy foi convocado porque teria feito saques de R$ 4,7 milhões a serviço da VTCLog, empresa selecionada pelo Ministério da Saúde para cuidar da armazenagem e distribuição de medicamentos. Ao todo, a companhia teria movimentado de forma suspeita R$ 117 milhões nos últimos dois anos.

Acompanhe o depoimento:

-Publicidade-

Leia mais: “CPI da Covid aprova convocação de advogada de Bolsonaro”

Na segunda-feira 30, o ministro do Supremo Tribunal Federal Kassio Nunes Marques havia garantido a Ivanildo o direito de não ir à CPI. Se, de fato, comparecer à comissão, o motoboy poderá permanecer em silêncio, ser auxiliado por um advogado e não poderá ser submetido ao compromisso de dizer a verdade nem sofrer constrangimentos físicos ou morais.

Leia também: “CPI não terá depoimentos na semana do 7 de Setembro, diz Renan”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro