Twitter aponta censura do STF e pede desbloqueio de conta de Luciano Hang

A petição foi encaminhada ao ministro Alexandre de Moraes
-Publicidade-
Moraes determinou o bloqueio das contas do empresário
Moraes determinou o bloqueio das contas do empresário | Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE

O Twitter encaminhou ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), uma petição apontando uma eventual “censura” no bloqueio de contas do empresário Luciano Hang determinado pelo ministro.

A petição sigilosa tem 17 páginas e foi protocolada no dia 29 de agosto no STF. O bloqueio foi determinado por Moraes na operação contra um grupo de empresários que compartilhou supostos comentários de teor golpista em uma conversa no WhatsApp.

“No respeitoso entendimento do Twitter Brasil, o bloqueio integral da conta @lucianohang assim como em relação a conta @lucianohang_hang, como demonstrado em outras oportunidades, poderia violar dispositivos constitucionais e a própria legislação infraconstitucional relativa a matéria, considerando a possibilidade de caracterização de censura de conteúdo lícito existente nos milhares de twitters postado pelo usuário, e também de censura prévia de conteúdo futuro lícito , não necessariamente vinculado ao objeto do inquérito em curso”, informou a plataforma em petição assinada pelo escritório Pinheiro Neto.

-Publicidade-

Os advogados pedem “a reforma da decisão determinando a remoção apenas do conteúdo específico identificado através de sua respectiva URL e tido como potencialmente tipificado com ilícitos penais, revogando a ordem de bloqueio integral da conta”.

Dentre as medidas autorizadas por Moraes em sua decisão do dia 19 de agosto estão o bloqueio de contas do empresário Luciano Hang ao Facebook, Instagram, TikTok, Twitter e Youtube. Alexandre de Moraes também pediu o bloqueio da conta do empresário José Khoury no Instagram.

O Twitter informou que “o processo corre sob sigilo” e que “dessa forma, vai se manifestar sobre o caso somente nos autos”.

Assine a Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.