Vale tudo para salvar o Brasil ‘fascista’ de Bolsonaro, até rasgar a Constituição

É o que afirma Guilherme Fiuza, em artigo publicado na Edição 125 da Revista Oeste
-Publicidade-
Entrevista do presidente Jair Bolsonaro no <i>Flow Podcast</i>
Entrevista do presidente Jair Bolsonaro no Flow Podcast | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro deu uma entrevista de cinco horas para um veículo independente — o podcast Flow. A conversa descontraída e aberta sobre vários assuntos enfureceu “os fascistas do mundo inteiro”, observou o jornalista Guilherme Fiuza, em seu artigo mais recente publicado na Edição 125 da Revista Oeste.

De acordo com o colunista, “pegou muito mal nas altas esferas totalitárias essa história de ficar dando assunto para entrevistador“.

Leia trechos do artigo

-Publicidade-

Fascistas do mundo inteiro estão furiosos com o presidente brasileiro. Ele deu uma entrevista de cinco horas para um canal independente, falando abertamente sobre todos os assuntos, com uma audiência instantânea de meio milhão de pessoas. Assim não há fascismo que aguente.

Mas a resistência democrática no Brasil continua firme. Composta de banqueiros sensíveis, ladrões honestos, egoístas solidários, carreiristas conscientes, juízes partidários, lobistas empáticos, liberaloides iluminados e subcelebridades revolucionárias, a frente de resistência contra o fascismo deixa claro em seu manifesto (o documento mais importante desde a Declaração Universal dos Direitos do Homem): o perigo permanece.

Dispostos a tudo para salvar a democracia, os heróis da resistência já mostraram que é preciso cortar o mal pela raiz. Nem que para isso seja necessário rasgar a Constituição, atropelar as leis, barrar a liberdade de expressão, instigar um novo atentado contra o presidente — em filmes, discursos e performances —, impedir a atualização do sistema eleitoral e instaurar inquéritos ilegais para perseguir pessoas. Vale tudo para salvar a democracia do fascismo.

Outros conteúdos

A Edição 125 da Revista Oeste vai além do artigo do jornalista Guilherme Fiuza. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de J.R. Guzzo, Silvio Navarro, Ana Paula Henkel, Rodrigo Constantino, Bruno Meyer, Dagomir Marquezi, Evaristo de Miranda, entre outros.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.