Volta às arquibancadas está prestes a se tornar realidade

Ministério da Saúde dá sinal verde para estudo da CBF que prevê lotação máxima de 30% da capacidade de estádios e arenas de futebol
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Agência Brasil
Foto: Divulgação/Agência Brasil | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Ministério da Saúde dá sinal verde para estudo da CBF que prevê lotação máxima de 30% da capacidade de estádios e arenas de futebol

Volta às arquibancadas
Protocolos de segurança terão de ser respeitados | Foto: Divulgação/Agência Brasil

O Ministério da Saúde deu sinal verde na terça-feira 22 para um estudo feito pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O documento estabelece diretrizes que possibilitarão a volta do torcedor às arquibancadas de estádios e arenas de futebol em meio à pandemia de coronavírus. Contudo, analisa quando e como colocará o plano em ação, previsto inicialmente para outubro. A pesquisa da CBF aponta, no máximo, 30% da capacidade dos estádios liberada aos torcedores e apenas para o time mandante, enquanto os visitantes seguirão sem acesso aos jogos.

-Publicidade-

Leia também: “MEC deve entregar protocolo de volta às aulas esta semana”

Além disso, será necessário a aprovação das autoridades sanitárias locais. E os times deverão cumprir protocolos estabelecidos pelo governo de cada região. “É importante ressaltar que a abertura, em um primeiro momento, deve ser para até 30% da capacidade dos estádios — podendo ser aumentado posteriormente —, conforme decisão do gestor local. Dentre outros aspectos, ele levará em consideração a variação da curva epidemiológica, a taxa de ocupação de leitos clínicos e leitos de UTI”, informa um trecho do comunicado emitido pelo Ministério da Saúde.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro