Agronegócio brasileiro deve exportar US$ 100 bi em 2020

China, Sul da Ásia, Sudeste Asiático e África Subsaariana impulsionam o crescimento
-Publicidade-
Colheita de grãos | Foto: Arquivo/Agência Brasil
Colheita de grãos | Foto: Arquivo/Agência Brasil

China, Sul da Ásia, Sudeste Asiático e África Subsaariana impulsionam crescimento

pib do agronegócio - cna - 2021
Colheita | Foto: Agência Brasil
-Publicidade-

O Insper Agro Global projeta US$ 100,4 bilhões em exportação pelo agronegócio brasileiro em 2020. Um acréscimo de 3,5% sobre o faturamento de US$ 97 bilhões em 2019. A quantia deste ano deve ficar apenas abaixo dos US$ 101,3 bilhões de 2018 — ano recorde para o registro. Os dados foram publicados pela coluna Radar, de Veja, na segunda-feira 14.

Estima-se que o volume de exportações para a China e Hong Kong, que são nossos principais parceiros desde 2013, deve atingir US$ 36 bilhões,  um crescimento de 9% em relação à 2019. Em 2020, também deve aumentar o apetite por produtos agrícolas brasileiros na África Subsaariana (+14%), no Sudeste Asiático (+30%) e no Sul da Ásia (+32%). No Leste Asiático, no entanto, com exceção dos chineses, os países devem diminuir o valor comprado da produção agrícola brasileira em 9%. A mesma situação  acontece com Estados Unidos (-5%), União Europeia (-2%), América Latina (-3%) e o bloco formado por nações do Oriente Médio e norte da África (-6%).

Álcool e açúcar foram os itens que mais ganharam espaço nas exportações, com um aumento de US$ 3,5 bilhões em 2020. A cadeia produtiva da soja continua responsável pelo maior faturamento — US$ 35,2 bilhões. Entretanto, algumas mercadorias estão menos apreciadas. O milho e os produtos florestais representam as maiores perdas externas do agronegócio: diminuição de US$ 1,5 bilhão e 1,4 bilhão, respectivamente.

Leia também: “Produção brasileira de soja foi mais eficiente que a norte-americana em 2020”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site