-Publicidade-

Brasil aparece atrás de Filipinas e Irã em ranking de turismo

País ocupa "posição vergonhosa", define Instituto Liberal
Brasil está fora do top 50 no item turismo internacional
Brasil está fora do top 50 no item turismo internacional | Foto: Spence Davis/Unsplash

O que Tunísia, Irã e Filipinas têm em comum? Os três países receberam mais turistas estrangeiros do que o Brasil no decorrer de 2018. A informação ganhou força nas redes sociais nesta semana a partir de arte divulgada pelo Instituto Liberal e compartilhada pelo empresário Salim Mattar, ex-secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados.

Leia mais: “Produção de robôs industriais da China cresce 19,1% em 2020”

A par de dados levantados pelo Banco Mundial três anos atrás, o Instituto Liberal destaca que França, Espanha, Estados Unidos, China e Itália foram na ocasião os líderes no quesito turistas estrangeiros. Cada um com mais de 60 milhões de visitantes internacionais. No topo, os franceses aparecem como anfitriões para quase 90 milhões de pessoas de outros países (89,3 milhões).

Na 52ª posição da lista, o Brasil apareceu como destino de 6,6 milhões de turistas estrangeiros. Dessa forma, ficou logo atrás da vizinha Argentina, que recebeu 6,9 milhões de pessoas no ano. Abaixo da casa dos 7 milhões de visitantes internacionais, a dupla de nações da América Sul ficou atrás de Tunísia, Suécia, Irã e Filipinas.

“Posição vergonhosa”

“O Brasil ocupa uma posição vergonhosa no ranking da entrada de turistas estrangeiros”, lamentou o Instituto Liberal ao repercutir o caso nas redes sociais. Voltada à defesa do liberalismo econômico, a entidade tem como presidente do conselho deliberativo o economista Rodrigo Constantino, colunista da Revista Oeste.

turistas estrangeiros - brasil - instituto liberal - turismo
Em 2018, turismo brasileiro não decolou | Foto: Instituto Liberal
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês