Ex-integrante do Ministério da Economia é contratado pela XP Investimentos

Caio Megale chega à empresa um mês após deixar o cargo de secretário especial da Fazenda
-Publicidade-
O economista Caio Megale: de volta à iniciativa privada | Foto: DIVULGAÇÃO/XP
O economista Caio Megale: de volta à iniciativa privada | Foto: DIVULGAÇÃO/XP | caio megale - novo economista-chefe da xp investimentos

Caio Megale chega à empresa um mês após deixar o cargo de secretário especial da Fazenda

caio megale - novo economista-chefe da xp investimentos
O economista Caio Megale: fora do governo, mas de volta à iniciativa privada | Foto: DIVULGAÇÃO/XP

Secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia até o fim de julho, quando pediu demissão, Caio Megale tem novo desafio profissional. Na sexta-feira, 28, ele foi anunciado como o mais novo economista-chefe da XP Investimentos.

-Publicidade-

Leia mais: “Fundo de investimentos voltado ao agro quer agitar o mercado”

O acerto com a empresa faz com que Megale concretize seu objetivo. Conforme noticiado por Oeste, ele deixou o cargo que ocupava no governo federal com a intenção de voltar a trabalhar na iniciativa privada.

Megale retorna ao setor privado com experiência acumulada em funções públicas. Antes de liderar a secretaria especial de Fazenda, ele foi secretário de Indústria e Comércio do Ministério da Economia e secretário da Fazenda da cidade de São Paulo.

Elogio do chefe

Caio Megale chega à XP Investimentos sob elogios do fundador e CEO da companhia, Guilherme Benchimol. “É um dos mais brilhantes economistas de sua geração. Será um privilégio contar com ele à frente do nosso time de economia. É mais um diferencial para os nossos clientes”, disse o executivo.

Agora economista-chefe da XP Investimentos, Megale foi economista-sênior da Lloyds Asset Management e da Gávea Investimentos. Além disso, atuou como sócio e economista-chefe da Mauá Investimentos e foi economista associado do Itaú BBA.

MAIS: Ex-secretário do Ministério da Economia se torna sócio de banco

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. O cara chega na política e acha que vai ser igual o mercado financeiro e se dá mal. Essa é clássica, já era esperado. Agora, criar um racha no governo por causa disso é apelação demais e ninguém vai cair nessa.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.