-Publicidade-

Contas externas têm superávit de US$ 1,5 bilhão

Outubro foi o terceiro mês consecutivo de melhora na economia

Outubro foi o terceiro mês consecutivo de melhora na economia

em outubro
Além disso, houve aumento do saldo com a balança comercial
Foto: Fernando Palácio/Flickr

O Banco Central (BC) informou nesta quarta-feira, 25, que as transações correntes das contas externas tiveram superávit de US$ 1,5 bilhão em outubro. O valor representa o terceiro resultado mensal com saldo positivo consecutivo, o sexto desde abril. As transações correntes do setor externo são formadas pela balança comercial, pelos serviços adquiridos por brasileiros no exterior e pelas rendas, como remessas de juros, lucros e dividendos do Brasil para o exterior. Em outubro do ano passado, houve déficit de US$ 8,1 bilhões. O resultado de outubro segue uma tendência observada nos meses anteriores, conforme o BC.

Além disso, houve aumento do saldo com a balança comercial, fator explicado pela desvalorização da moeda brasileira. O Brasil exportou US$ 17,958 bilhões e importou US$ 13,144 bilhões em produtos no mês. Resultou no saldo comercial de US$ 4,81 bilhões. O valor é US$ 3 bilhões a mais do que em outubro de 2019. Houve queda nos déficits de serviços e renda. Segundo o BC, o déficit em transações correntes somou US$ 15,3 bilhões no período de 12 meses encerrado em outubro, equivalentes a 1,04% do PIB. O valor é inferior aos US$ 24,9 bilhões (1,64% do PIB) registrados nos 12 meses terminados em setembro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês