-Publicidade-

Ex-comandante da Rota vai comandar a Ceagesp

Bolsonaro elogia o coronel da reserva Polícia Militar de SP
Ricardo Augusto Nascimento de Mello Araújo é o novo diretor-presidente da Ceagesp | Foto: Reprodução/PMSP
Ricardo Augusto Nascimento de Mello Araújo é o novo diretor-presidente da Ceagesp | Foto: Reprodução/PMSP | coronel mello araújo - ceagesp

Bolsonaro elogia o coronel da reserva Polícia Militar de SP

coronel mello araújo - ceagesp
Ricardo Augusto Nascimento de Mello Araújo é o novo diretor-presidente da Ceagesp | Foto: Reprodução/PMSP

A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) será dirigida por um policial militar da reserva e que comandou a Rota paulista. Indicado ontem para a função, Ricardo Augusto Nascimento de Mello Araújo recebeu incentivos públicos do presidente Jair Bolsonaro na noite desta quinta-feira, 22.

Leia mais: “Bolsonaro: Vacina obrigatória é coisa de ‘aprendizes de ditadores’”

“Está chegando [à Ceagesp] para fazer um brilhante trabalho”, afirmou Bolsonaro durante a sua tradicional live semanal. “O que estiver errado por lá, ele vai resolver”, continuou o presidente da República. “Podem acreditar no coronel Mello Araújo, da Polícia Militar de São Paulo, que vocês vão realmente se apaixonar por ele”, descontraiu o chefe do Poder Executivo brasileiro.

Desestatização

Com um coronel da reserva da PM paulista como seu mais novo diretor-presidente, a Ceagesp está nos planos de desestatização do governo federal. Controlada pelo Ministério da Economia, a empresa de abastecimento foi incluída em setembro de 2019 no programa que visa negociar estatais para a iniciativa privada. Tarefa nada fácil, lamenta o presidente. “Não é fácil mexer em algumas estatais”, disse Bolsonaro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês