Fast Shop cresce em 2020, apesar do coronavírus

Vendas 'on-line' aumentaram 300%; expectativa para o Natal é alvissareira
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Fast Shop
Foto: Divulgação/Fast Shop | fast shop

Vendas ‘on-line’ aumentaram 300%; expectativa para o Natal é alvissareira

fast shop
Em novembro, a companhia aumentou o quadro de funcionários | Foto: Divulgação/Fast Shop
-Publicidade-

A varejista de eletrônicos e eletrodomésticos Fast Shop espera fechar o ano com crescimento de até 20%. Apesar do vírus chinês, as vendas on-line da empresa registraram alta de 300% até agora. Além disso, a companhia prevê aumento de 15% no consumo em razão do Natal. A tendência é de maior procura pelos eletrodomésticos e pelas IOTs (conhecidas como internet das coisas) para residências. Em novembro, a Fast aumentou o quadro de funcionários ao contratar 300 colaboradores para as áreas de logística e atendimento ao consumidor. As vagas são temporárias, mas com possibilidade de efetivação, conforme noticiou o jornal O Estado de S. Paulo.

Leia também: “Bolsa sobe 1,5% e vai ao maior patamar desde janeiro”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site