Mansueto alerta Congresso sobre Fundeb

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, fez um alerta caso o Congresso Nacional aprove o relatório que prorroga o Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).
-Publicidade-
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida | Foto: Camargo/Agência Brasil
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida | Foto: Camargo/Agência Brasil | Mansueto - deixar - mercado - preocupados

Aumento do piso pode ser problema para Estados que se encontram em complicada situação financeira.

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, fez um alerta se o Congresso Nacional aprovar o relatório que prorroga o Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Caso não seja modificado, o piso do magistério poderá ter uma alta de 13% na próxima década.

-Publicidade-

Segundo Mansueto, isso pode ser problemático “sobretudo para Estados que já estão com dificuldades financeiras”.

O secretário afirmou que o aumento em si não é um problema, mas o aumento dos gastos públicos sem controle acentua a gravidade da situação. “Não tem Orçamento certo ou errado. Orçamento é uma peça política. O que me aflige um pouco é o ritmo do crescimento (do gasto com educação)”, afirmou Mansueto.

Segundo informações do Estadão Conteúdo, o Secretário pediu que se pense em uma transição mais suave para o Fundeb, com o aumento sendo diluído em um maior período.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.