-Publicidade-

Mercado financeiro eleva expectativa de inflação para 3,60% em 2021

Há uma semana, a projeção era de 3,53%, enquanto há um mês a previsão chegava a 3,34%
Esta é a quinta revisão de alta seguida
Esta é a quinta revisão de alta seguida | Foto: João Geraldo Borges Junior/Pixabay

O mercado financeiro revisou para cima a expectativa para a inflação de 2021 e reduziu a projeção do Produto Interno Bruto (PIB), segundo números publicados no Boletim Focus nesta segunda-feira, 8. Economistas e entidades consultadas pelo Banco Central (BC) estimam que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) encerre o ano com avanço de 3,60%. Esta é a quinta revisão de alta seguida. Há uma semana, a expectativa era de 3,53%, enquanto há um mês a previsão chegava a 3,34%. O novo valor está mais próximo da meta de 3,75% perseguida pela autoridade monetária nacional, com margem para flutuar entre 2,25% e 5,25%. A inflação encerrou o ano de 2020 a 4,52% — acima das expectativas do mercado —, puxada principalmente pelo encarecimento dos alimentos. A meta para o Banco Central no ano passado era de 4%, com variação de 2,50% e 5,50%.

O relatório mostra também mais cautela com o crescimento da economia neste ano. As fontes consultadas pelo BC esperam que o PIB avance 3,47%, ante estimativa de 3,50% na semana passada. Há um mês, a previsão era de 3,41%. O valor está abaixo do divulgado pela equipe econômica nas últimas semanas, que estima crescimento de 3,50% da atividade econômica neste ano. Para 2020, a expectativa do Ministério da Economia é de recuo de 4,50%, o maior tombo do PIB desde o início da série histórica, há mais de um século. O avanço da pandemia do novo coronavírus e o atraso na vacinação são vistos por analistas como ameaças ao crescimento da economia neste ano.

Leia também: “A independência do Banco Central”, artigo de Ubiratan Jorge Iorio publicado na Edição 37 da Revista Oeste

Com informações da Jovem Pan

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês