Nubank chega à Colômbia com promessa de investir R$ 840 milhões

Operação começará no país com cartões de crédito sem tarifas, assim como foi feito no Brasil.
-Publicidade-
O co-fundador e CEO do NuBank David Vélez: R$ 840 milhões em investimentos na Colômbia em oito anos | Foto: Divulgação
O co-fundador e CEO do NuBank David Vélez: R$ 840 milhões em investimentos na Colômbia em oito anos | Foto: Divulgação | nubank, colômbia, unicórnios, mercado financeiro

Operação começará no país com cartões de crédito sem tarifa, assim como foi feito no Brasil

nubank, colômbia, unicórnios, mercado financeiro
O cofundador e CEO do Nubank David Vélez: R$ 840 milhões em investimentos na Colômbia em oito anos | Foto: Divulgação
-Publicidade-

País do cofundador e CEO David Vélez, a Colômbia é o próximo destino do Nubank, que anunciou nesta quarta-feira, 30, a chegada ao país vizinho.

A operação por lá será iniciada com cartões de crédito sem tarifa, com gestão digital, da mesma maneira que ocorreu no Brasil.

Além disso, R$ 840 milhões serão investidos nos próximos oito anos no mercado colombiano.

“Depois do sucesso que temos tido no Brasil e no México, estou orgulhoso de anunciar a chegada do Nubank ao meu país natal”, comemorou Vélez em nota à imprensa. “Queremos levar para a Colômbia o jeito Nubank de reinventar os serviços financeiros e impactar positivamente milhões de colombianos.”

Apenas cinco grupos financeiros dominam o mercado colombiano, o que pode render bons frutos para as soluções financeiras da fintech brasileira por lá. Apenas 26% dos colombianos adultos têm cartão de crédito e entre 70% e 85% das transações são realizadas em dinheiro no país, segundo pesquisa realizada pelo Nubank.

Ainda este ano, o “unicórnio” brasileiro já fez três grandes aquisições, sendo a última a Easynvest. Com isso, a instituição financeira já chega a 30 milhões de clientes.

A Argentina também já poderia contar com os serviços financeiros do cartão roxo, cor característica da Nubank. Porém, a diretoria da empresa decidiu aguardar um momento menos conturbado na economia do país governado por Alberto Fernández para começar as operações por lá.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site