-Publicidade-

Produtividade da indústria aumenta no 3ª trimestre

CNI garante que o setor se recuperou de forma rápida e intensa a partir de maio, passado o momento mais agudo da crise
Foto: Divulgação/Agência Brasil
Foto: Divulgação/Agência Brasil | Foto: Divulgação/Agência Brasil

CNI garante que o setor se recuperou de forma rápida e intensa a partir de maio, passado o momento mais agudo da crise

otimismo
O nível registrado agora é superior ao verificado no quarto trimestre de 2017, pico anterior da série histórica
Foto: Divulgação/Agência Brasil

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) anunciou que a produtividade industrial cresceu 8% no 3º trimestre deste ano, na comparação com o anterior. Dessa forma, o resultado sinaliza o maior crescimento da série histórica, iniciada em 2000. Os dados constam no mais recente levantamento feito pela entidade. Conforme o estudo, a produtividade é o volume produzido pela indústria da transformação dividido pela quantidade de horas trabalhadas. A pesquisa aponta que a quantidade produzida nos meses de julho, agosto e setembro aumentou 25,8% em relação ao trimestre anterior, dos meses de abril a junho. Já as horas trabalhadas tiveram alta de 16,4%.

“A indústria se recuperou de forma rápida e intensa a partir de maio, passado o momento mais agudo da crise. Ao longo do trimestre, as fábricas operaram em níveis de ocupação da capacidade instalada crescentes para recompor estoques e atender à rápida recuperação da demanda”, informou em nota a CNI, na terça-feira 1°. Os novos registros mostram que o crescimento acelerado da produtividade mais que compensou a queda acumulada nos dois primeiros trimestres do ano, que chegou à marca de -6,7%, ao comparar com o quarto trimestre de 2019. O nível registrado agora é superior ao verificado no quarto trimestre de 2017, pico anterior da série histórica.

Leia também: “Endividamento das famílias tem 3ª queda seguida”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.