Subsidiária da Petrobras na Bolívia é condenada a pagar R$ 61 milhões

A estatal garante que vai recorrer da decisão; o processo é movido pela família supostamente dona das terras
-Publicidade-
A Petrobras espera que o Tribunal reverta a decisão
A Petrobras espera que o Tribunal reverta a decisão | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A Justiça da Bolívia sentenciou a Petrobras a pagar R$ 61,1 milhões pelo uso da propriedade onde está localizado o campo de San Alberto. O processo é movido pela família que garante ser proprietária das terras. “Na decisão judicial, um suposto proprietário da área ocupada pelo bloco San Alberto foi contemplado com uma indenização por uso da propriedade, calculada a partir de 1996, quando as operações do bloco foram iniciadas”, confirmou a Petrobras, em nota divulgada na sexta-feira 28, ao mencionar que vai recorrer.

“A Petrobras espera que o Tribunal reverta a decisão. A companhia entende que ocorreram irregularidades durante o processo e a PEB se defenderá vigorosamente em todas as instâncias”, acrescentou a companhia, no documento. Conforme a direção da petrolífera, a companhia pública firmou acordos com as pessoas que estavam no local. As famílias eram representadas por instituições promotoras da reforma agrária no país. Essas entidades asseguraram que as terras pertenciam aos ocupantes.

Leia também: “Fazendeiros de cidade de MG vão ter de indenizar o MST por expulsão”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários

  1. Precisamos é REVERTER esse verdadeiro golpe do tal “”acordo”” de entregar de mão beijada essa parte da hidrelétrica que foi financiada e construída pelos impostos dos brasileiros! Absurdo!!

  2. Além de terem nacionalizado a Petrobras, nos causando prejuízo, sem lula e o seu governo maldito terem se recusado a entrar com processo na justiça internacional para reverter a situação, causando um enorme prejuízo ao país o que prejudicou, principalmente, os trabalhadores com seu FGTS. Agora , mais esse prejuízo e provalmente, continuarão. Esse tipo de gente, que estudantes, artistas, parte da imprensa, sindicatos, empresários e políticos, querem a volta de Lula. Um dos maiores ladrões da história do país.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro