-Publicidade-

TikTok remove mais de 380 mil vídeos nos EUA

De acordo com o aplicativo chinês, conteúdo ia de encontro às políticas contrárias ao discurso de ódio que devem ser seguidas pelos usuários.
TikTok tenta mostrar que trabalha contra o discurso de ódio nos Estados Unidos | Foto: antonbe/Pixabay
TikTok tenta mostrar que trabalha contra o discurso de ódio nos Estados Unidos | Foto: antonbe/Pixabay | tiktok, estados unidos, discurso de ódio, china

De acordo com o aplicativo chinês, conteúdo ia de encontro às políticas contrárias ao discurso de ódio que devem ser seguidas pelos usuários

tiktok, estados unidos, discurso de ódio, china
TikTok tenta mostrar que trabalha contra o discurso de ódio nos Estados Unidos
Foto: antonbe/Pixabay

O TikTok removeu milhares de contas, vídeos e comentários vinculados a discurso de ódio neste ano, informou a empresa nesta quinta-feira, 20.

À medida em que cresce e se torna mais conhecido, o TikTok tenta se mostrar mais proativo na forma como aborda questões delicadas, como discurso de ódio, especialmente na preparação para as eleições americanas de 2020.

“No que pode parecer um mundo cada vez mais dividido, uma das áreas que pretendemos melhorar são nossas políticas e ações em relação a conteúdo e comportamento de ódio”, disse Eric Han, chefe de segurança da TikTok US, em um blog. “Nosso objetivo é eliminar o ódio do TikTok.”

Desde o início do ano, a plataforma removeu mais de 380 mil vídeos nos Estados Unidos por violarem sua política de discurso de ódio.

Também baniu mais de 1,3 mil contas por conteúdo ou comportamento de ódio, e removeu mais de 64 mil comentários pelo mesmo motivo.

O TikTok diz que também pode levar em consideração o comportamento fora da plataforma ao determinar suas políticas.

Basta saber se toda essa política vai ajudar o aplicativo a ser vendido no país até 15 de novembro, data-limite dada pelo presidente Donald Trump para que a proprietária chinesa ByteDance saia da operação.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês