-Publicidade-

MPF pede bloqueio imediato de R$ 26 bilhões da Vale

O órgão também pede que a empresa seja condenada a pagar outros R$ 28 bilhões em indenizações pela tragédia de Brumadinho (MG).
MPF quer que Vale pague R$ 54 bilhões em indenizações por tragédia em Brumadinho (MG) | Foto: Ibama/Flickr
MPF quer que Vale pague R$ 54 bilhões em indenizações por tragédia em Brumadinho (MG) | Foto: Ibama/Flickr | mpf, vale, indenizações, brumadinho, meio ambiente

O órgão também pede que a empresa seja condenada a pagar outros R$ 28 bilhões em indenizações pela tragédia de Brumadinho (MG)

mpf, vale, indenizações, brumadinho, meio ambiente
MPF quer que Vale pague R$ 54 bilhões em indenizações por tragédia em Brumadinho (MG)
Foto: Ibama/Flickr

O Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais solicitou a condenação da Vale à Justiça e o pagamento de R$ 54 bilhões em indenizações pela tragédia do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). Desse total, R$ 26 bilhões devem ser bloqueados imediatamente, segundo o pedido dos procuradores feito nessa quarta-feira, 26.

A tragédia ambiental aconteceu no começo de 2019, matou 259 pessoas e deixou outras 11 desaparecidas. O Corpo de Bombeiros Militar retomará as buscas pelas vítimas nesta quinta-feira, 27.

A Fundação João Pinheiro, órgão de pesquisa em políticas públicas do governo de Minas Gerais, foi responsável pelo cálculo das indenizações a serem pagas. Os R$ 26 bilhões já solicitados serão ressarcidos aos governo pelas perdas econômicas por parte do Estado. Os R$ 28 bilhões restantes serão entregues como danos coletivos e sociais em decorrência do desastre.

Em nota, a Vale informou que ainda não foi formalmente avisada da petição e que irá se manifestar no prazo estipulado pela Justiça: “A companhia reitera o seu compromisso com as ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem, que se iniciaram imediatamente após o ocorrido”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês