Alvo de ações, Facebook pode se desfazer de WhatsApp e Instagram

Empresa é acusada de promover concorrência desleal
-Publicidade-
Facebook está na mira de autoridades dos Estados Unidos | Foto: Canva
Facebook está na mira de autoridades dos Estados Unidos | Foto: Canva | facebook x autoridades dos eua

Empresa é acusada de promover concorrência desleal

facebook x autoridades dos eua
Facebook está na mira de autoridades dos Estados Unidos | Foto: Canva
-Publicidade-

O Facebook está na mira de autoridades norte-americanas. Nesta quarta-feira, 9, a Comissão Federal de Comércio (FTC) dos Estados Unidos e órgãos de 46 Estados do país iniciaram ação judicial contra a empresa de tecnologia. A companhia liderada por Mark Zuckerberg é acusada ir contra a lei antitruste local (conjunto de regras que visa combater monopólios e formas de concorrência desleal).

Leia mais: “Coronavírus, ‘BBB’ e eleições foram os temas mais buscados no Google em 2020”

À frente do levante judicial contra o Facebook, a FTC fala em medidas que visem diminuir o tamanho da empresa. A entidade coloca a possibilidade de atuar para a companhia se desfazer de algumas de suas atuais divisões de negócios, inclusive de plataformas de redes sociais. “[A gente] poderia, entre outras coisas: exigir a alienação de ativos, incluindo Instagram e WhatsApp”, pontua o órgão, informa o site da CNN Brasil.

As acusações contra o Facebook contam com apoio de 46 estados norte-americanos, além do Distrito de Colúmbia e do território de Guam. Procuradora-geral do Estado de Nova York, Letitia James afirma que concorrentes menores que chegaram a surgir foram “esmagados” pela equipe liderada por Zuckerberg. “Por quase uma década, o Facebook usou seu domínio e poder de monopólio para esmagar rivais menores e extinguir a concorrência, tudo às custas dos usuários comuns”, afirmou Letitia.

Outro lado

Em nota, o Facebook limitou-se a criticar as ações protocoladas. “[O governo dos Estados Unidos] quer uma reformulação sem levar em conta o impacto que o precedente teria na comunidade empresarial mais ampla ou nas pessoas que escolhem nossos produtos todos os dias”, posicionou-se a companhia.

Leia também: “A vida com os algoritmos”, conteúdo produzido pela editora Branca Nunes e publicado como matéria de capa da Edição 29 da Revista Oeste.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site