Angela Merkel anuncia novo lockdown rigoroso

Alemanha terá medidas de restrição que se assemelham ao primeiro lockdown que paralisou a economia entre março e abril
-Publicidade-
Chancer da Alemanha, Angela Merkel| Foto: Bundesregierung/Kugler
Chancer da Alemanha, Angela Merkel| Foto: Bundesregierung/Kugler

Alemanha terá medidas de restrição que se assemelham ao primeiro lockdown, que paralisou a economia entre março e abril

Merkel|
Chanceler da Alemanha, Angela Merkel | Foto: Bundesregierung/Kugler
-Publicidade-

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, anunciou nesta domingo, 13, que o país vai enfrentar um segundo lockdown rigoroso após quase seis semanas de fechamento parcial.

As novas restrições foram anunciadas após reunião realizada com os governadores dos 16 estados do país, segundo o portal Deutsche Welle.

Leia mais: “Jornalista dissidente do regime iraniano é executado”

As medidas se assemelham ao primeiro lockdown – vigente entre março e abril e que paralisou a economia alemã. Elas incluem o fechamento de escolas e creches e do comércio não essencial a partir desta quarta-feira, 16, até dia 10 de janeiro.

Permanecem funcionando estabelecimentos como farmácias, conveniências, postos de combustível, bancos e supermercados, além de feiras e serviços de entrega.

Encontros privados continuam limitados a um máximo de cinco pessoas de dois domicílios, como determinado pelas regras que vigoram desde novembro.

Natal

Nos feriados de Natal, entre 24 e 26 de dezembro, devem ser permitidos encontros com outras quatro pessoas de fora do próprio domicílio, contanto que elas sejam parentes próximos. Menores de 14 anos não são considerados.

Serviços religiosos continuam permitidos, inclusive nos feriados natalinos, mas sob regras de higiene e distanciamento mais severas do que as atualmente em vigor.

Ano Novo

Durante as festividades de Ano Novo, são proibidas reuniões e aglomerações públicas, assim como a venda e a queima de fogos de artifício em público.

Segundo reportagem da Deutsche Welle, o consumo de álcool em locais públicos passa a ser proibido até 10 de janeiro.

Números

Neste domingo, a Alemanha registrou 20.200 novos casos e 321 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com informações divulgadas pelo Instituto Robert Koch, agência governamental alemã de controle e prevenção de doenças infecciosas.

Na sexta-feira, 11, o país registrou números recordes, com 29.875 novas infecções e 598 mortes por covid-19 em 24 horas, os maiores patamares para ambos os indicadores desde o começo da pandemia.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site