Anthony Fauci admite que a Ômicron é menos grave

Conselheiro médico da Casa Branca disse que a nova variante 'parece ter uma patogenicidade intrínseca mais baixa'
-Publicidade-
Fauci é responsável por delinear as estratégias de enfrentamento da pandemia
Fauci é responsável por delinear as estratégias de enfrentamento da pandemia | Foto: Reprodução/Flickr

O conselheiro médico da Casa Branca, Anthony Fauci, reconheceu que a Ômicron é menos grave em comparação com outras cepas do novo coronavírus. Fauci participou do programa This Week, da emissora ABC, apresentado pelo jornalista George Stephanopoulos, no domingo 2.

“Há evidências acumuladas de que esse é o caso”, afirmou Fauci. “Então, tivemos a primeira ideia disso na África do Sul, quando se olhou para a relação na proporção entre hospitalizações e casos, era menor. A duração da internação hospitalar foi menor. A necessidade de oxigênio foi menor”, disse o médico.

Apesar da explosão de casos de Ômicron nos EUA, Fauci disse que os EUA “não viram um aumento concomitante na porcentagem relativa de hospitalizações” em meio a um grande aumento nos casos. Ele alertou, porém, que as hospitalizações muitas vezes são “indicadores de atraso tardio”.

-Publicidade-

“Ainda acredito que há indicação, mesmo em alguns estudos com animais, que podem refletir o que está acontecendo, e o vírus parece ter uma patogenicidade intrínseca mais baixa”, reconheceu o médico. “Esperamos que seja esse o caso”, afirmou, ao alertar os americanos a não se tornarem “complacentes”.

A possibilidade de a Ômicron ser menos grave foi levantada por Angelique Coetzee, presidente da Associação Médica da África do Sul. Em entrevista à agência de notícias France Press, a médica disse que grande parte dos pacientes com Ômicron se recuperou bem e não precisou de internação

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. O PRESIDENTE BOLSONARO SEMPRE DEFENDEU A IVERMECTINA QUE TEM A: aCAO E IGUAL A DO REMEDIO PARA COVID QUE OS AMERICANOS estao dando para conter a covid…bolsonaro sempre teve razao….parabens presidente.

  2. COM ISSO…CHEGO A CONCLUSAO FINAL….O PRESIDENTE BOLSONARO SEMPRE TEVE RAZAO. O REMEDIO DA PFIZER E IGUAL A IVERMECTINA…PARABENS BOLSONARO POR DEFENDER A ivermectina.

  3. Que grande cientista esse, afirma algo que todas as estatísticas médicas comprovam como sendo uma grande descoberta. Fica quieto na tua cara, teu prestígio já acabou a tempo.

  4. Os comentários (até esta data) estão ótimos, parabéns a todos! Esse Fauci já foi incluído no julgamento do século dos responsáveis pelo caos mundial! Irá pagar e esperamos que bem caro!

  5. A Omicron veio para pôr um ponto final nessa pantomima. Pouco letal, não combatida com as vacinas que aí estão, feitas para as primeiras cepas, se tiver essa taxa de infecção que estão propagando, concordo com o Sr Davi, atingiremos finalmente o bloqueio sanitário e ninguém vai levar o mérito. Apenas o curso natural da doença.

  6. Parece que os discursos absurdos foram, subitamente, substituídos por discursos aceitáveis. Essa transição começou na OMS, e agora alcança o suspeitíssimo “Dr Fauci” (até o nome parece título de filme de terror). O público já sentiu na pele o problema. Já o conhece. Aprendeu a ver a “ciência” com desconfiança (o que é uma postura científica) e, a esta altura, as farmacêuticas já não tem mais onde estocar dinheiro.

    Conclusão: hora de parar de mentir. Exceto, é claro, para o nosso Senado Federal, que enviou ao mundo três aberrações carregando papel higiênico timbrado produzido durante sessões de tortura transmitidas ao vivo.

    A verdade que está se consolidando é que a variante Ômicron é o primeiro alívio desde o início da pandemia, e talvez seja o caminho para se atingir a imunidade de rebanho com o mínimo de impacto nas economias, nos sistemas de saúde e na vida.

  7. Prestem atenção como esse criminoso está sempre a reboque dos acontecimentos. Sempre tem menções a ele como do tipo: Agora Fauci admite isso ou aquilo, depois que a marcha dos acontecimentos indica alguma mudança, ele sempre muda de opinião. É como um bolo fecal numa correnteza de um esgoto.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.