Argentina entra em estado de emergência agrícola

Clima adverso levou o governo à medida extrema
-Publicidade-
Seca na Argentina | Foto: Reprodução
Seca na Argentina | Foto: Reprodução

O clima adverso em várias partes da Argentina levou o governo a decretar estado de emergência agrícola em quatro Províncias: Santa Fé, Mendoza, Córdoba e Misiones. A medida foi assinada na sexta-feira 21.

A situação prejudicou o agro desses locais. Em Santa Fé, o problema é a seca. Já em Misiones e Córdoba, além da estiagem, queimadas afetam as áreas produtivas. Em Mendoza, as geadas e o granizo prejudicaram as plantações.

O Executivo e os governadores vão monitorar o cenário.

-Publicidade-

Economia argentina

Além do mais recente problema com o agro, a Argentina enfrenta dificuldades na economia em geral, comandada pelos peronistas Alberto Fernández e Cristina Kirchner. A dupla sofreu uma derrota nas eleições do ano passado.

A Argentina encerrou 2021 com inflação em 51% — em dezembro, o aumento registrado foi de 3,8%, conforme o mais recente levantamento do Instituto Nacional de Estatísticas e Censos, equivalente ao IBGE do Brasil.

A meta do Ministério da Economia era fechar o ano com 30% de inflação. Contudo, o atual resultado veio dentro do esperado por consultorias privadas da Argentina. Conforme o “IBGE” daquele país, o preço dos alimentos impulsionou a alta no Índice de Preços ao Consumidor do ano passado.

Trata-se do segundo maior índice registrado pelo país desde 1991. Até o momento, o recorde pertence ao ex-presidente Mauricio Macri: 53,8%, em 2019. Liberal, Macri recebeu uma Argentina endividada, em razão do governo de Cristina Kirchner, acusada de maquiar dados econômicos de sua gestão.

Leia também: “O triunfo da mentira”, artigo de J.R. Guzzo publicado na Edição 94 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

17 comentários Ver comentários

  1. Cada faz suas escolhas, porém àqueles que abrem mão de suas escolhas, terá que viver e sobreviver com escolhas dos outros… Foi assim na Argentina e mais recentemente no Chile, socialismo , comunismo NÃO DEU E DARÁ CERTO NUNCA!!!! Espero que o povo brasileiro estejam vendo o sofrimento dos nossos vizinhos!!!! ,🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  2. Agora só faltam acabar de aparecer as sete pragas, duas já se manifestaram: o socialismo e a seca. Todos fugirão como hordas de famintos, do faraó Fernández que tentará cortar a fuga, confiscando os barcos do rio da Prata em direção às terras de Canaã onde jorra o leite e o mel com abundância.

  3. Alguém por aí lembra que o presidente Bolsonaro alertou o povo argentino sobre a eleição dos atuais mandatários argentinos? Avisados foram, não ouviram, infelizmente terão que sofrer as consequências da imprudência.

    1. Avisados foram…então cada um tem o que merece…esta é a incompetência da esquerdalha junto com seus militontos….são um fracasso a nível mundial……e ainda tem imbecil que é a favor destes canalhas inúteis…..

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.