Argentina prorroga restrições de circulação

Presidente do país, Alberto Fernández, prevê ‘semanas duras’ para o povo argentino
-Publicidade-
Alberto Fernández prorrogou as medidas restritivas na Argentina
Alberto Fernández prorrogou as medidas restritivas na Argentina | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou nesta sexta-feira, 30, a prorrogação por três semanas das restrições de circulação impostas pelo governo do país para tentar conter o avanço do novo coronavírus.

Com a decisão, o toque de recolher e a suspensão das aulas serão mantidos até 21 de maio. A medida é uma tentativa de resposta ao novo recorde de mortes por covid-19 registrado no país ontem, quinta-feira 29, quando 561 óbitos ocorreram em 24 horas.

“Devido aos contágios que tivemos e aos que existem atualmente, as próximas semanas podem ser muito duras”, disse Fernández. A área metropolitana de Buenos Aires, no nível de risco mais alto do sistema criado pelo governo, é o principal foco das medidas restritivas.

-Publicidade-

Leia também: “Em meio à pandemia, Argentina congela preço de oxigênio medicinal”

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.