Argentina suspende voos de países mais afetadas pelo coronavírus

Bolívia, Paraguai, Peru e Venezuela também restringiram viagens
-Publicidade-
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA | O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA

Bolívia, Paraguai, Peru e Venezuela também restringiram viagens

-Publicidade-

O governo da Argentina suspende por 30 dias voos provenientes dos países mais afetados pela pandemia de coronavírus.

A restrição atinge todos os países da Europa além de Estados Unidos, Japão, Coreia do Sul, China e Irã.

O presidente Alberto Fernández ainda declarou emergência sanitária por um ano.

Os governos do Paraguai e do Peru anunciaram o cancelamento de todos os voos procedentes da Europa.

Já a Bolívia suspendeu todos os voos entre a Europa. Até agora, o país tem três casos confirmados.

Na Venezuela, o ditador Nicolás Maduro, anunciou a suspensão dos voos provenientes da Europa e da Colômbia por um mês.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site