Boston decide retirar uma estátua de Lincoln

A Comissão de Artes de Boston, nos Estados Unidos, decidiu de forma unanime remover uma estatua em que um escravo liberto está ajoelhado aos pés de Lincoln
-Publicidade-
Foto: Wikimedia
Foto: Wikimedia | Estátua Lincoln

Decisão foi aprovada pela comissão de artes da cidade e conta com o apoio do prefeito; estátua de Lincoln está em parque de Boston desde 1879

Estátua Lincoln
Foto: Wikimedia
-Publicidade-

A omissão de artes de Boston, nos Estados Unidos, decidiu de forma unânime remover uma estátua em que um escravo liberto está ajoelhado aos pés de Abraham Lincoln.

A estátua está no Boston Common, um parque no centro da cidade, desde 1879. Criada pelo artista Thomas Ball, ela é cópia de um monumento em Washington instalado três anos antes.

Apesar de a obra ter sido criada para celebrar a abolição da escravidão nos EUA, seu design, que mostra o homem negro ajoelhado, desagrada a algumas pessoas.

“Sabemos que muitas pessoas ficam incomodadas ao olhar para o monumento. Não devemos ter uma estátua que traga desconforto a qualquer grupo de pessoas”, disse a vice-presidente da comissão, Ekua Holmes.

“Após um processo público, ficou claro que residentes e visitantes de Boston se sentem desconfortáveis com essa estátua”, afirmou o prefeito da cidade, Marty Walsh.

Mais de 12 mil pessoas assinaram uma petição para a retirada da estátua. Segundo o site Breitbart News, ainda não foi informada uma data para a remoção do monumento.

Apagando a história

O assassinato de George Floyd, morto pela polícia de Minneapolis em 25 de maio, desencadeou protestos em todo o mundo. Estátuas de figuras históricas acabaram virando alvo de manifestantes mais exaltados.

Como já noticiado por Oeste, o presidente dos EUA, Donald Trump, convocou a Guarda Nacional para garantir a segurança dos monumentos da capital do país. Isso ocorreu depois de manifestantes tentarem derrubar a estátua do ex-presidente Andrew Jackson que está próxima à Casa Branca.

O Museu de História Natural de Nova York anunciou que vai retirar a estátua do ex-presidente Theodore Roosevelt que fica na entrada da instituição. A alegação é que o monumento mostra um indígena e um negro subjugados.

A tentativa de retirar monumentos históricos chegou ao Brasil, conforme Oeste também noticiou. A deputada estadual de São Paulo Erica Malunguinho (Psol) disse que estátuas “que prestem homenagem a escravocratas ou a eventos históricos ligados à prática escravagista devem ser retiradas de vias públicas e armazenadas nos museus estaduais, para fins de preservação do patrimônio histórico”.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 comments

  1. Isso só NÃO é mais RIDÍCULO que o tal “Black live matter”, tentar apagar ou negar seu passado é abrir mão da sua identidade. As pessoas que defendem esses atos são tão doentias quanto a ideologia política por trás deles.

  2. Boston só tem 12 mil pessoas?
    E o restante da população de Boston?
    Abraham Lincoln,o Republicano de coragem que libertou os escravos americanos,pois se dependesse dos Democratas,eram escravos até hoje.
    Como varreram a história suja dos Democratas,para de baixo do tapete da Casa Branca,hoje culpam os Republicanos pelo racismo americano,mas os responsáveis foram os Democratas.
    Por favor vejam esse pequeno documentário.
    https://www.youtube.com/watch?v=Na7j8nIfhbs

      1. Uma obra de 1879. Está exposta a quase 150 anos. Quantas gerações até hoje já viram?

  3. Que seja então colocada em um museu! Que seja preservada a história e o artista! Só não entendo essa revolta!
    O passado fica marcado nos livros nas esculturas nos quadros!!

  4. Talvez o erro de ortografia inicial tenha sido involuntário mas efetivamente fala a verdade (“ A omissão de artes de Boston “).

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site