Canadá rejeita proposta de cortar laços com a monarquia britânica

Proposta de partido separatista canadense foi recusada no Parlamento por maioria significativa dos deputados

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Líder do partido separatista de Quebec, Yves-François Blanchet, defendeu o fim da submissão à Coroa Britânica | Foto: Reprodução/Twitter
Líder do partido separatista de Quebec, Yves-François Blanchet, defendeu o fim da submissão à Coroa Britânica | Foto: Reprodução/Twitter

O Parlamento do Canadá rejeitou uma proposta do Partido Bloc Québécois, legenda separatista da Província de Quebec, para que o país cortasse os laços com a monarquia britânica.

O líder do partido, Yves-François Blanchet, sustentava que a recente troca de monarca seria uma oportunidade “para quebequenses e canadenses se libertarem de um vínculo monárquico dilapidado”. Em setembro, a rainha Elizabeth II faleceu, e seu filho, Charles III, assumiu o trono.

Para deixar de fazer parte do Reino Unido, o Canadá deverá alterar a Constituição Federal, documento que Quebec, Província de colonização francesa, nunca aprovou formalmente.

-Publicidade-

A proposta do Bloc Québécois teve 44 votos favoráveis e 266 contrários entre os deputados. Além do Reino Unido, Charles III é chefe de Estado de outros 14 países.

A lista de países na Oceania é formada por Austrália, Nova Zelândia, Papua-Nova Guiné e Tuvalu. Na América, Elizabeth II era rainha em Antígua e Barbuda, Bahamas, Belize, Canadá, Granada, Ilha Salomão, Jamaica, Santa Lúcia, São Cristóvão e Neves, São Vicente e Granadinas.

A substituição no trono do Reino Unido tem despertado movimentos para cortar laços com a coroa, como no Caribe e na Austrália.

Depois de Charles III, o príncipe William é o primeiro na linha de sucessão ao trono. Ele é filho de Charles com a princesa Diana — primeira mulher do monarca, que morreu em um acidente de carro em Paris, em 1997. Na sequência estão Jorge, Carlota e Luís, filhos de William com Kate Middleton.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.