China divulga teoria da conspiração e acusa Estados Unidos por covid-19

Mídia estatal da China divulgou 'estudo' em que Estados Unidos aparecem como principal responsável pela pandemia
-Publicidade-
Regime chinês tenta se evadir de responsabilidade por pandemia
Regime chinês tenta se evadir de responsabilidade por pandemia | Foto: Divulgação

Em mais uma tentativa de se eximir de sua responsabilidade pela origem da covid-19, a China divulgou na última semana um relatório em que acusa os Estados Unidos pela propagação do vírus. O texto, baseado em teorias da conspiração, foi divulgado como um estudo conjunto de duas organizações chinesas (o Intelligence & Alliance Think Tank e o Instituto Taihe). O material foi prontamente reproduzido pela mídia estatal

A tese é de que o vírus foi desenvolvido como arma biológica na base de Fort Derick, em Maryland, e se espalhado pelo globo por causa da negligência do governo americano. “Dados de fontes diversas demonstraram que os Estados Unidos são, muito provavelmente, o país onde a covid-19 se originou e o país mais responsável pela rápida difusão global do vírus”, diz o texto.

Até hoje, não há consenso sobre a origem exata do coronavírus (se, por exemplo, no Mercado de Wuhan ou em algum laboratório chinês), mas todas as evidências apontam que a China, não os Estados Unidos, foi o lugar de origem da pandemia. As autoridades chinesas sempre se negaram a permitir uma investigação completa sobre o caso, incluindo o acesso ao Instituto de Virologia de Wuhan, que fica nas proximidades do mercado.

-Publicidade-

Ao mesmo tempo em que acusa os Estados Unidos sem indícios, a China também tem sido criticada por manipular suas estatísticas sobre o número de vítimas da covid-19 no país. Pela contabilidade oficial, 4.600 pessoas morreram (contra 822 mil nos Estados Unidos e 619 mil no Brasil) – apesar de a China possuir a maior população do mundo e de ter sido o cenário primeiros focos do vírus.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.