China omitiu e minimizou covid, revelam documentos

Informação consta em uma papelada que vazou do Centro Provincial de Controle e Prevenção de Doenças de Hubei, onde o vírus apareceu
-Publicidade-
O presidente da China, Xi Jinping | Foto: Presidência da Rússia
O presidente da China, Xi Jinping | Foto: Presidência da Rússia | china, economia, plano quinquenal, xi jinping

Informação consta em papelada que vazou do Centro Provincial de Controle e Prevenção de Doenças de Hubei, onde o vírus apareceu

china, economia, plano quinquenal, xi jinping
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem denunciado a negligência do governo chinês
Foto: Divulgação/Presidência da Rússia

O Partido Comunista da China omitiu um terço dos casos do novo coronavírus no início do surto de covid-19. É o que revelam novos documentos obtidos pela CNN. Em 10 de fevereiro deste ano, o país oriental divulgou que havia 3.911 casos registrados (confirmados e suspeitos). Contudo, em relatório marcado com o alerta “documento interno, mantenha sigilo”, as autoridades de saúde de Hubei, onde o vírus foi detectado pela primeira vez, registravam um total de 5.918 casos de covid-19 naquele dia.

-Publicidade-

A informação consta em uma papelada que vazou do Centro Provincial de Controle e Prevenção de Doenças de Hubei. O relatório tem dados de outubro de 2019 a março de 2020. Além disso, o órgão garantiu, em março deste ano, que o tempo médio do início dos sintomas da doença até o diagnóstico foi de mais de três semanas. Também é possível considerar que a China escondeu o total de mortes provocadas pela doença. Em 19 de fevereiro, o país assegurou ter 93 vítimas da covid-19. Mas o documento mostra 196 mortes até aquela data.

As mais recentes revelações confirmam o que noticiou Oeste em 17 de abril deste ano: a ditadura chinesa omitiu, por seis dias, informações valiosas sobre o coronavírus. Sendo assim, impediu que o Ocidente se preparasse para reagir à contaminação. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem sido uma das vozes que denunciaram a responsabilidade dos comunistas nos casos de mortes ao redor do mundo. Desde então, vem impondo sanções econômicas à China, cuja economia foi a que mais cresceu em relação à dos demais países.

Leia também: “China impõe sanções para asfixiar economia australiana”

Veja os documentos

china omitiu e minimizou

Foto: Reprodução/CNN

china omitiu e minimizou
Foto: Reprodução/CNN
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

18 comentários

  1. Contam com a cumplicidade criminosa da OMS. É isto que dá. Só falta reconhecerem o erro! E anunciar que resolveram imunizar toda a população MUNDIAL.
    Se começar p BRASIL, com decisões monocráticas de obrigatoriedade, apenas pediremos que se imunize primeiramente o Dória, Kalil, Santa Cruz, todos os sociais democratas como FHC, enfim COMUNISTAS travestidos de anjos.

  2. Essa é a velha, tradicional e conhecida China de Dória, Dino, Ciro, Maia, Barroso, Fachin, Lewandowiski, Tóffoli, Carmen Lúcia e Eduardo Paes, entre outros!
    Lamentavelmente, anos pós anos de “Educação Crítica”, o desajustados Paulo Freire consegui destruir a formação de adultos responsáveis no Brasil.

  3. A China agora tenta esconder que é a China!
    Está mascarando seus produtos, tentando dar aparência ocidental aos manufaturados e até aos serviços!
    Quanta “honestidade”!!!

  4. Eu tenho dito repetidas vezes: os países não têm amizades, têm interesses. O Presidente Trump estava certo, mas é importante avaliar que os Estados Unidos possuem uma das maiores economia do mundo ( senão a maior) e dezenas de acordos bilaterais com o resto do mundo e não depende da economia chinesa, pelo contrário, quanto mais mercado a China perder mais sobra para eles- americanos. Além disso pode bradar em bom tom , pois possui as forças Armadas mais bem equipadas do mundo com um orçamento gigantesco. No nosso caso, é bom o Governo usar a diplomacia para criticar, pois é nossa única arma possível. Vamos sim de saliva porquê não temos pólvora para China. Cada bravata dita sem pensar vai redundar lá na frente em perdas valiosas para nosso agronegócio e outros tantos. Vejam o caso da Austrália: o Primeiro Ministro foi dar uma de machão contra os chineses e eles suspenderam toda importação de vinho daquele país e agora os produtores e donos de vinícolas estão amargando perdas de contratos e milhares de empregos . O Brasil está prestes à entrar em rota de colisão devido a esse destempero diplomático e filhotísmo. Não se trata de covardia: é assim que a banda toca para todos. Os Americanos – só para dar um exemplo- fecharam a venda de 110 Bilhões de dólares ( isso mesmo 110) em venda de armas para países Islâmicos e vivem condenado as ditaduras islâmicas. Então a velha máxima: Negócios à parte.

  5. Quanto ao vinho australiano, não há prejuízo algum, basta guardá-lo nas caves, que teremos excelentes vinhos daqui a alguns anos. Ou bebemos todo esse vinho de uma sentada ou guarde-mo-lo.

  6. Sempre perguntei, e continuo perguntando aos meus botões, como é possível um país com aproximadamente um bilhão e quatrocentos milhões de habitantes ter tido apenas cerca de cinco mil mortos???!!! Como é possível um país imenso como a China ter concentrado a epidemia apenas em um só local???!!! Como é possível a economia da China estar indo muito bem obrigado, enquanto muitos países estão em sérias dificuldades???!!! Não houve destempero diplomático algum por parte do Brasil e também não há risco de interrupção das nossas exportações para a China. Quem tem quase um bilhão e quatrocentos milhões de bocas para sustentar é a China e não o Brasil!!! Deixar de comprar vinhos é possível, mas deixar de comprar comida não dá!!! Vamos acabar com o complexo de vira-latas!!!

  7. Concordo Arlete, entretanto esse não é o objeto nuclear dos questionamentos, todos elegem alvos secundários e deixam os essenciais de fora.

  8. Pessoal, temos algumas hipóteses: Acreditar que os números foram omitidos, ou realmente tivemos um milagre na China! (por quê não?) Como o virus se propaga no mundo inteiro com lock-down, com lock-down meia boca ou até sem lock-down, e na China, superpopulada, fica restrito a uma provincia? Se as duas hipóteses acima estão erradas, uma possível terceira seria: A população foi imunizada com antecedência e o virus liberado para conquistar o mundo… Hipóteses, que a ciência pode provar válidas ou inválidas… Ainda acredito que o desvío nos números apresentados podem ser apenas a ponta do iceberg ou, o “pelo do ralo”…

  9. O que vai acontecer efetivamente com a China?? Nada!!!! É a resposta. Ela já comprou boa parte da economia mundial, e se algum país se arvorar a chamar a atenção deles, sofrerão as retaliações econômicas como a Austrália está sofrendo. Infelizmente a população foi avisada tarde de mais dos perigos da China, e só ficamos sabendo hoje do que está acontecendo, por causa da internet, taí o motivo do inquérito do “fim do mundo”, doidos para acabar com a internet e permitir o 5G da China, aí seria a cereja do bolo. Ja poderíamos inclusive acabar com as igrejas e vestir as mesmas roupas, dizendo “salve o Deus Xi”. Bem Doria já deve estar fazendo isso.

  10. Os Estados Unidos são os maiores disseminadores globais desse “vírus chinês” por negligência/ignorância de autoridades e da própria população. Depois acusa a OMS de omitir informações que a China destorceu, exatamente como ocorreu por aqui. O alerta do perigo do novo coronavírus , mesmo com atraso, já havia sido dado e não tomaram as devidas medidas protetivas, diferentemente da Alemanha que soube controlar o surto e não permitiu a disseminação em grande escala.

    1. Takaharu, depois dessa sua colocação estapafúrdia, só vejo duas saidas pra você. Faça um curso pra kamikaze ou, o que é mais rápido. cometa um harakiri. Vai com Buda,Takaharu.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro