Coronavírus: Maduro e Guaidó divergem sobre números

O ditador da Venezuela Nicolás Maduro e o autoproclamado presidente interino Juan Guaidó têm divergido em relação ao número de casos de coronavírus no país. Guaidó acusa o governo de mentir sobre a quantidade de infectados na Venezuela.
-Publicidade-
O venezuelano Nicolás Maduro | Foto: Rede Social
O venezuelano Nicolás Maduro | Foto: Rede Social | Eleição parlamentar - maduro - onu - covid-19

Segundo Guaidó, o chavista mente a sobre a quantidade de infectados

Foto: rede social

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, e o autoproclamado presidente interino Juan Guaidó têm divergido em relação ao número de casos de coronavírus no país.

-Publicidade-

Guaidó acusa o governo de mentir sobre a quantidade de infectados na Venezuela.

No início desta semana, enquanto o regime chavista falava em 77 casos, o presidente interino afirmou que o número era, na verdade, de aproximadamente 200.

“Recebemos informação interna de um dos ministérios (…) de aproximadamente 200 casos. Isso mostra a contradição da ditadura” de Maduro, disse Guaidó a jornalistas.

Ontem, quarta-feira 25, Maduro disse que está disposto a se encontrar com os setores da oposição interessados em falar sobre a pandemia de coronavírus.

Há mais de um ano, mais de 50 países, inclusive o Brasil e os Estados Unidos, reconhecem Guaidó como presidente interino da Venezuela. No entanto, Maduro mantém o controle do território e do Estado.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.