Coronavírus: empresa indiana anuncia que vai exportar vacina da Oxford

Serum Institute promete que irá garantir o fornecimento global do imunizante
-Publicidade-
O anúncio foi feito pelo CEO da companhia
O anúncio foi feito pelo CEO da companhia | Foto: Cadu Rolim/Estadão Conteúdo

O Serum Institute, empresa indiana licenciada para produzir a vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford, está liberado para exportar doses do imunizante para o Brasil. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 5, por Adar Poonawalla, CEO da companhia. No último domingo, 2, o executivo havia dito que a exportação do produto estava suspensa temporariamente para suprir a demanda interna.

“Vacinas são um bem de saúde pública global, e elas têm o poder de salvar vidas e acelerar o retorno à normalidade econômica o mais brevemente”, afirma Poonawalla num comunicado com a Bharat Biotech, empresa que desenvolveu outra vacina contra a doença. “Nossas duas empresas estão totalmente envolvidas nessa atividade (produção, fornecimento e distribuição das vacinas) e consideramos nosso dever com a nação e com o mundo garantir a disponibilização das vacinas. Estamos totalmente cientes da importância das vacinas para as pessoas e para os países. Portanto, comunicamos nossa promessa conjunta de fornecer acesso global a nossas vacinas contra a covid-19.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.