-Publicidade-

Covid-19: vacina Sputnik V deve ser produzida no Brasil

A informação foi divulgada pelo diretor de negócios internacionais da companhia, Rogério Rosso
Vacina russa será fabricada no país
Vacina russa será fabricada no país | Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo

O laboratório brasileiro União Química afirmou na segunda-feira 11 que iniciará a produção da vacina russa Sputnik V no Brasil na sexta-feira 15, mas apenas para exportação. A informação foi divulgada pelo diretor de negócios internacionais da companhia, Rogério Rosso, em entrevista à CNN Brasil. Entre os destinos do imunizante estariam as vizinhas Argentina e Bolívia, que já autorizaram seu uso emergencial.

A União Química firmou no ano passado um acordo com o Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), responsável pelo financiamento da vacina, para a fabricação em território nacional do imunizante desenvolvido pelo Instituto Nikolay Gamaleya. A produção se dará em uma planta de Brasília, uma das nove unidades da companhia.

A vacina apresentou 91,4% de eficácia contra o novo coronavírus na última etapa de testes, segundo a Rússia. Os dados da fase 3 ainda não foram revisados por pares. Mas, ainda de acordo com autoridades russas, mais de 1,5 milhão de pessoas já foram imunizadas com a Sputnik V no mundo.

Leia também: “Rússia não testará combinação da Sputnik V com a vacina da Oxford”

Com informações de O Globo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês