Decisão de fechar aeroporto pode acabar com as low cost na Argentina

O fechamento de El Palomar é um desejo do atual governo peronista.
-Publicidade-
Foto: Nicolasrnphoto/Wikimedia
Foto: Nicolasrnphoto/Wikimedia | Aeroporto Internacional de El Palomar

O Aeroporto internacional de El Palomar, na região metropolitana de Buenos Aires, é o principal centro de operações da Flybondi e JetSmart

Aeroporto Internacional de El Palomar
Foto: Nicolasrnphoto/Wikimedia
-Publicidade-

A decisão de fechar o Aeroporto Internacional de El Palomar e a transferência de suas operações para o Aeroporto de Ezeiza causaram duras críticas no setor das empresas aéreas de low cost (baixo custo) da Argentina.

Ambos os aeroportos são geridos pela AA2000, empresa argentina com forte participação do governo em seu controle acionário. O fechamento de El Palomar é um desejo do atual governo peronista.

Ao longo das eleições de 2019, o então CEO da Flybondi, Julian Cook, afirmou que o peronismo era “um câncer que destrói a Argentina aos poucos ao longo de décadas”. Após a vitória de Alberto Fernández, ele se retirou do comando da empresa e do país.

Localizado a 26 quilômetros do centro de Buenos Aires, em uma antiga base aérea, El Palomar surgiu como alternativa ao aeroporto de Ezeiza, que está no limite de sua capacidade, e serve como base de duas empresas, a Flybondi e a JetSmart, que entraram na Justiça contra o fechamento do aeroporto.

Os sindicatos dos trabalhadores de ambas as empresas se posicionaram contra o fechamento. “Os trabalhadores da Flybondi e JetSmart repudiam a decisão da empresa AA2000 de fechar o Aeroporto Internacional de El Palomar, pondo em risco o funcionamento da empresa e milhares de postos de trabalho”, de acordo com informação no jornal Clarín.

As empresas e os sindicatos pedem que a AA2000 abra mão da administração do aeroporto e que se encontre um novo administrador. El Palomar é o quarto aeroporto mais movimentado da Argentina, com mais de 700 mil passageiros ao ano, e também o quarto em números de voos.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site