Depois de derrubarem o governo do Cazaquistão, manifestantes tomam aeroporto de Almaty

A polícia informou que mais de 200 pessoas foram detidas durante os protestos no país
-Publicidade-
Polícia usou gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral para expulsar centenas de manifestantes da praça principal de Almaty
Polícia usou gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral para expulsar centenas de manifestantes da praça principal de Almaty | Foto: Reprodução/Redes sociais

Horas depois de o governo do Cazaquistão cair, os manifestantes que derrubaram a gestão federal tomaram o aeroporto de Almaty, uma das maiores cidades do país. Trata-se de um protesto contra o aumento do preço do gás.

Em razão do ocorrido, todos os voos foram cancelados, informou nesta quarta-feira, 5, o jornal Jerusalem Post. Conforme noticiou a Revista Oeste, o governo federal caiu devido às manifestações, que ainda não cessaram.

Queda do governo do Cazaquistão

-Publicidade-

Manifestantes atacaram prédios públicos em Almaty na manhã de hoje. Uma transmissão em uma rede social feita por um blogueiro cazaque mostrava que até mesmo o prédio da prefeitura foi incendiado.

A polícia usou gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral para expulsar centenas de manifestantes da praça principal de Almaty, e os confrontos duraram horas nas áreas próximas.

A polícia informou que mais de 200 pessoas foram detidas durante os protestos no país.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.