Em Nova Iorque, gigante da saúde demite 1,4 mil funcionários que recusaram a vacina anticovid

Médicos e enfermeiros protestaram
-Publicidade-
Atualmente, a NH conta com 76 mil funcionários
Atualmente, a NH conta com 76 mil funcionários | Foto: Divulgação/NorthHealth

A Northwell Health (NH), maior rede de saúde de Nova Iorque, demitiu 1,4 mil funcionários que recusaram a vacina contra o novo coronavírus. É o que informou o jornal New York Times, na segunda-feira 4.

Médicos e enfermeiros protestaram contra a obrigatoriedade dos imunizantes, e a determinação da NH causou temor de escassez de profissionais nos hospitais conveniados. Atualmente, a NH conta com 76 mil funcionários.

Leia também: “Cidadãos de 2ª classe, cobaias de 1ª”, artigo de Guilherme Fiuza publicado na Edição 78 da Revista Oeste

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.