-Publicidade-

Evo Morales é denunciado por estupro de menor

Ex-presidente teria mantido relações sexuais com uma jovem de 16 anos
O ex-presidente da Bolívia Evo Morales | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
O ex-presidente da Bolívia Evo Morales | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR | O ex-presidente da Bolívia Evo Morales | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Ex-presidente teria mantido relações sexuais com uma jovem de 16 anos

evo morales
O ex-presidente da Bolívia Evo Morales | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

O governo da presidente da Bolívia, Jeanine Áñez, apresentou uma denúncia penal contra o ex-presidente Evo Morales por supostamente ter mantido um relacionamento amoroso com uma menor de idade. É o que anunciou ontem, quinta-feira 20, o vice-ministro Guido Melgar. “Dessa forma, o Ministério da Justiça apresentou uma denúncia contra o cidadão Juan Evo Morales Ayma pelos crimes de estupro e tráfico de pessoas”, afirmou Melgar em entrevista coletiva. “Portanto, daqui para a frente, o Ministério Público e as outras instituições (de proteção da mulher e do menor) deverão materializar o processo penal correspondente”, concluiu o vice-ministro.

Leia também: “Evo Morales politiza morte de sua irmã, vítima da covid-19”

No início desta semana, a imprensa local publicou fotos de Morales ao lado de uma jovem identificada como N.M., hoje com 19 anos. O suposto relacionamento teria ocorrido quando ela tinha 16; o ex-presidente esquerdista, de 60 anos, tinha 57. Atualmente, ele está refugiado na Argentina, depois de renunciar em meio a denúncias de que teria fraudado as eleições na Bolívia. Conforme a legislação daquele país, relações sexuais não são permitidas até que as pessoas envolvidas completem 18 anos. Caso um adulto tenha mantido relação sexual com menor de idade, ainda que com consentimento pleno, o ato pode configurar crime com pena de três a seis anos de prisão.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês