Fernández sugere ‘convivência democrática’ com Maduro

Presidente da Argentina criticou as sanções econômicas à Venezuela: "É uma punição que o povo não merece"
-Publicidade-
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA | O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA

Presidente da Argentina criticou as sanções econômicas à Venezuela: “É uma punição que o povo não merece”

fernández
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA
-Publicidade-

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, afirmou ontem que seu governo não apoia sanções econômicas aplicadas à Venezuela. Segundo ele, é necessária a convivência democrática com o país governado pelo ditador Nicolás Maduro:

“A Argentina ratificou sua decisão de preservar os direitos humanos em qualquer esfera e governo. Além disso, manifesto preocupação com o bloqueio, porque é uma punição que o povo venezuelano não merece”.

Conforme a AFP, na terça-feira 14, a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, garantiu que a independência da Justiça venezuelana contribui para a impunidade e violações dos direitos humanos.

Leia também: Empresários dão adeus à Argentina para investir no Brasil

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Pois é…. está muito perto o momento do desmoronamento argentino, infelizmente. A eleição desse comunista ordinário e sua vice ladra e vigarista foi uma suprema estupidez, verdadeira burrice olímpica. Uma daquelas insanidades insolúveis a qualquer psiquiatra. Convivência democrática com maduro? Ahahah. Argentina já começou a pagar o preço caríssimo de sua decisao. Vai quebrar em até 1 ano.

  2. O cara Alberto Fernandez fala em “preservar os direitos Humanos”, isso é uma piada de mau gosto!
    Preservar os direitos humanos é o que NÃO ACONTECE NA VENEZUELA!!

  3. Ele não aceita estas sanções econômicas, pois sabe que o próximo da fila a sofrer isto será a Argentina. O povo venezuelano de fato não merece isto e precisa depor este assassino pilantra.

  4. Essa turma da esquerda deve achar que o povo é um imbecil. O povo argentino é muito inteligente e culturalmente bem formado, não acredito que esse energúmeno fale em nome do povo argentino, mas sim, de uma parcela de desqualificados, como temos aqui no Brasil que acham que somos imbecis e que não sabemos o que essa turma faz em desfavor do povo. Triste que ainda recebem votos.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site