Finlândia testará a presença do coronavírus na população de modo aleatório

O país espera com isso entender melhor a pandemia e formular políticas públicas mais eficientes.
-Publicidade-
Vista da capital da Finlândia, Helsinki
Foto: দেবর্ষি রায়/Wikimedia
Vista da capital da Finlândia, Helsinki Foto: দেবর্ষি রায়/Wikimedia | Vista da capital da Finlândia, Helsinki

País espera entender mais sobre a disseminação da covid-19 no país para formular políticas públicas mais eficazes

Vista da capital da Finlândia, Helsinki
Vista da capital da Finlândia, Helsinki
Foto: দেবর্ষি রায়/Wikimedia
-Publicidade-

As autoridades da Finlândia anunciaram nesta terça-feira, 7, que vão fazer testes aleatórios do coronavírus em sua população. O objetivo é rastrear como a pandemia está se comportando no país.

Os principais hospitais finlandeses enviarão cartas convocando cidadãos de qualquer idade selecionados aleatoriamente para fazer o teste. O exame vai conferir se a pessoa produziu anticorpos para o coronavírus no organismo, um modo de descobrir se ela já contraiu a doença mesmo sem apresentar sintomas.

De acordo com a Agência Reuters, o governo pretende utilizar os resultados para formular políticas públicas de combate à covid-19. Os primeiros testes serão feitos na capital do país, Helsinque, e em regiões próximas.

Segundo o Instituto Nacional de Saúde e Bem-Estar do país, a Finlândia, com pouco mais de 5 milhões de habitantes, possui 2.308 casos confirmados do coronavírus, com 27 mortes.

 

 

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.