Google é investigado por órgão anticartel da Alemanha

O Bundeskartellamt considera que é muito difícil para outras empresas competir com o gigante
-Publicidade-
Investigação foi anunciada nesta terça-feira
Investigação foi anunciada nesta terça-feira | Foto: Hebi B./Pixabay

Nesta terça-feira, 25, o gabinete de regulação de cartéis da Alemanha (na língua alemã, Bundeskartellamt) informou ter aberto uma investigação contra o Google em território alemão e, na Irlanda, sobre a Alphabet (a controladora norte-americana do gigante da internet).

Leia também: “Fundadores do Google entram para grupo dos bilionários com mais de US$ 100 bi”

-Publicidade-

O órgão alemão afirma que é muito difícil para outras empresas competir com o Google devido ao elevado número de serviços digitais oferecidos pela companhia na internet. “Um ecossistema que se estende por vários mercados pode ser indicação de que uma empresa detém esse tipo de posição de mercado [cartel]”, comentou Andreas Mundt, presidente do Bundeskartellamt.

Investigações sobre o Facebook e a Amazon também foram abertas pelo órgão regulador.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site