Governo ainda estuda transferir embaixada do Brasil em Israel

Medida chegou a ser debatida no início do governo do presidente Jair Bolsonaro
-Publicidade-
Jair Bolsonaro e o Primeiro-Ministro de Israel, Senhor Benjamin Netanyahu, durante visita ao Muro das Lamentações | Foto: Alan Santos/PR
Jair Bolsonaro e o Primeiro-Ministro de Israel, Senhor Benjamin Netanyahu, durante visita ao Muro das Lamentações | Foto: Alan Santos/PR | Jerusalém

Medida chegou a ser debatida no início do governo do presidente Jair Bolsonaro

Jerusalém
Jair Bolsonaro e o Primeiro-Ministro de Israel, Senhor Benjamin Netanyahu, durante visita ao Muro das Lamentações | Foto: Alan Santos/PR

O chanceler Ernesto Araújo afirmou nesta quinta-feira, 24, que a transferência da embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém ainda está em estudo pelo governo brasileiro. A declaração foi dada durante audiência na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado.

-Publicidade-

A medida, criticada pela oposição e representantes de países islâmicos simpáticos à causa palestina, chegou a ser debatida no início do governo do presidente Jair Bolsonaro. Contudo, o tema acabou sendo deixado de lado.

“A questão permanece em estudo pelo governo. A relação com Israel e o Oriente Médio não pode ser considerada agressiva. Sempre ouviremos todos, no sentido construtivo da paz e do entendimento”, afirmou Ernesto.

Local sagrado para as três religiões monoteístas – o cristianismo, o judaísmo e o islamismo – Jerusalém é disputada por israelenses e palestinos. Israel declarou a cidade como “capital única e indivisível” e a Palestina reivindica o setor oriental como capital do Estado palestino.

“Damos toda a importância na relação com a Palestina, de forma pragmática. Vamos achar soluções, e não ficar presos a dogmas”, completou o ministro das Relações Exteriores.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.