História em quadrinhos com palavrões é proibida no Tennessee

Conselho Escolar rejeitou publicação sobre o Holocausto destinada às crianças da oitava série
-Publicidade-
Segundo o conselho, há 'linguagem grosseira e censurável no livro'
Segundo o conselho, há 'linguagem grosseira e censurável no livro' | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um conselho escolar do Tennessee votou para remover de um currículo de artes linguísticas da oitava série o livro em quadrinhos Maus, vencedor do Prêmio Pulitzer. A votação ocorreu em 10 de janeiro pelo Conselho Escolar do Condado de McMinn, informou a emissora CNBC, na quarta-feira 26.

O conselho alegou preocupações com palavrões e uma imagem de nudez feminina em sua representação de judeus poloneses que sobreviveram ao Holocausto. Maus, de autoria do cartunista norte-americano Art Spiegelman, retrata os judeus como ratos e os gatos são alemães nazistas.

Lee Parkison, diretor de escola e membro do conselho, disse que “há linguagem grosseira e censurável no livro”. Tony Allman, outro membro, afirmou que “não precisamos permitir ou promover essas coisas”. De acordo com ele, o livro “mostra pessoas enforcadas e matando crianças. Não é saudável”, disse.

-Publicidade-

A reunião terminou com todos os dez membros do conselho votando para remover Maus do currículo da oitava série.

Autor rebateu a proibição

O autor do livro em quadrinhos, Art Spiegelman, disse em entrevista à CNBC, que soube da proibição pelas redes sociais. “Estou meio perplexo com isso”, comentou.

Spiegelman também disse que o conselho foi motivado pelo assunto do livro, que conta a história do tempo de seus pais judeus em campos de concentração nazistas e não por “alguns palavrões leves”.

Leia também: “A geração do caos e a política da alienação”, texto de Pedro Henrique Alves publicado na edição 94 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.